| ASSINE | ANUNCIE
| | | |
galo.png
COLUNA
Por Alexandre Melo | jornalismo3@jornalmetas.com.br

Desrespeito

22 Fevereiro 2019 16:45:00

O que aconteceu no CT do Flamengo (Ninho do Urubu) não foi uma fatalidade, mas a soma de diversas decisões equivocadas do clube e da prefeitura do Rio de Janeiro. Se por aqui as coisas funcionassem, nem haveria necessidade das famílias e clubes sentarem em mesa de negociação. Ao valor determinado pela justiça não caberia recurso, porém, como estamos no Brasil o Flamengo se acha no direito de pagar o valor que bem que entende e, ao mesmo tempo, desrespeitar as famílias dos jovens mortos. Para o Flamengo, esses garotos só teriam valor se realmente suas carreiras fossem adiante. Portanto, não pretende pagar os R$ 2 milhões de indenização para cada família e mais uma pensão de R$ 10 mil por cerca de 30 anos, sugerido pelo Ministério Público. Evidente que teremos uma longa e desgastante batalha judicial. Enquanto isso, os dirigentes, arquitetos e engenheiros que aprovaram aquele verdadeiro alçapão, que nem saída de emergência tinha, continuam soltos. Uma vergonha! 

Campeonatos locais

A bola já está rolando para os campeonatos locais. Neste sábado tem a segunda rodada do Campeonato de Patotas do Campo da Hora (em grama sintética). Já no Bom Jesus, o campo do Poffo abre o tracional campeonato de patotas, que neste ano terá 18 equipes. A novidade é que também teremos jogos no Campo da Hora (grama natural). Uma parceria que tem tudo para evoluir para um grande campeonato. Parabéns aos orgaganizadores que entenderam que futebol amador em Gaspar se faz com o união, não adianta cada um puxar a corda para um lado.

Metropolitano 

O Metropolitano tem todo um segundo turno para tentar escapar do vexame de retornar para a Segunda Divisão do Campeonato Catarinense. De técnico novo, Abel Ribeiro, o time não começou bem. Levou uma goleada histórica do Brusque: 6 a 1. Quando o time começa assim, existem muitas problemas do que incapacidade técnica. Ou seja, existem problemas de vestiário e extra-campo. Se a diretoria não se apressar em tirar as laranjas podres, dentro de campo nada vai dar certo.


LEIA TAMBÉM

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |