| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

direitos.jpg
COLUNA
Por Simone Makki
Veja todas os artigos desta coluna

Endividamento x inadimplência: você sabe a diferença entre os termos?

10 Julho 2019 11:56:00

Ter uma dívida é sempre uma situação desconfortável. Mas para toda situação existe uma explicação e uma forma de lidar. Vamos explicar na coluna de hoje qual a diferença entre inadimplência e endividamento. Apresentaremos algumas dicas para que você consiga contornar ambas as situações e ter uma vida financeira mais saudável. Vamos lá!. 

ENDIVIDAMENTO

O endividamento é a incapacidade do consumidor, de boa fé, pagar as suas contas. Essa pessoa é a que faz dívidas e possui a intenção de pagar, mas que em algum momento, por diversos motivos, se vê impossibilitado de quitar seus débitos. Por exemplo, se você compra com o cartão de crédito e divide as compras em parcelas, já pode ser enquadrado como um endividado, uma vez que comprou com um dinheiro que não possui no ato da compra.

No endividamento, o consumidor possui a tendência de quitar suas dívidas, sem o comprometimento de sua renda mensal que é utilizada para suprir suas necessidades básicas.

Muitas vezes, o endividamento acontece por conta do devedor superestimar o seu rendimento, pela incapacidade de administrar seu orçamento ou por ter um hábito de consumo que não condiz com o estilo de vida que realmente tem.

É muito importante organizar suas contas e ter um monitoramento dos seus gastos para que situações como essas não virem a sua realidade, mas sim algo pontual ou que, idealmente, não aconteça. Só com controle e organização você conseguirá manter sua vida financeira saudável.

INADIMPLÊNCIA

A inadimplência acontece quando o consumidor não consegue mais pagar suas dívidas em dia e, isso pode ocasionar uma bola de neve, porque acabam recorrendo a outras dívidas para quitar as anteriores. Por exemplo, quando uma pessoa realiza um empréstimo para quitar outro empréstimo já feito. Sem dúvidas essa não é uma saída favorável.

Geralmente, a busca por outras linhas de crédito (mais caras), acaba ocasionando o aumento das dívidas e, consequentemente levando o consumidor a insolvência financeira, ou seja, quando o devedor tem prestações a cumprir superiores aos rendimentos que recebe.

É preciso ter em mente a diferença de forma bem clara, pois há uma relação muito íntima entre as duas situações. Saber identificar em qual situação você está é essencial. Só assim é possível agir de forma responsável e solucionar o desconforto gerado pela dívida. Para se chegar à inadimplência é necessário estar endividado, mas nem todo devedor é inadimplente.

DICAS

- Faça um bom monitoramento;

- Objetive e direcione seus gastos;

- Priorizando o que é mais importante;

- No planejamento de seus gastos PRIORIZE AS DESPESAS BÁSICAS e reserve parte de seu salário para as situações de emergência;

- Tenha CONTROLE de seu orçamento, anotando tanto as despesas essenciais quanto as pequenas despesas;

- Não compre por impulso. Gaste apenas o PLANEJADO

- Evite parcelar ou financiar, sempre que puder esperar PARA COMPRAR À VISTA

- Cultive o hábito de POUPAR, desta forma será possível efetuar compras à vista e evitar o pagamento de juros;

- Pague sempre o valor TOTAL da fatura do cartão de crédito, pois os pagamentos inferiores ao PAGAMENTO MÍNIMO acarretarão a cobrança de altos juros sobre o restante;

- Lembre-se consumidor: Não confunda NECESSIDADE de consumo com DESEJO de comprar





JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |