| ASSINE | ANUNCIE
| | | |

Sopa de abóbora


A previsão indica que esta quarta-feira (14) será de temperaturas baixas e, sendo assim, a coluna desta edição traz uma receita quentinha e deliciosa. A dica é da chefe de cozinha Monica Dias, que ensina a receita de uma sopa coringa de abóbora.

Ingredientes

300g de abóbora japonesa em cubos, sem casca e sem sementes

300g de abóbora moranga em cubos, sem casca e sem sementes

1 colher (sopa) de azeite de oliva

1/2 cebola picada

1/2 colher (sopa) de gengibre ralado (opcional)

2 xícaras (chá) de caldo de legumes

1 xícara (chá) de leite

1/2 xícara de castanhas da sua preferência picadas (nozes, castanha de caju, castanha do Pará)

1 colher (sopa) de azeite de oliva

pimenta-do-reino a gosto

sal a gosto

Modo de preparo: Em uma panela, refogue a abóbora e a cebola no azeite até começar a dourar. Junte o gengibre e frite por 1 minuto. Adicione o caldo de legumes e deixe ferver. Cozinhe, com a tampa semi aberta, mexendo de vez em quando, por 20 minutos ou até que a abóbora fique bem macia. Bata a abóbora no liquidificador, juntando o caldo aos poucos, até obter um creme homogêneo. Volte tudo à panela, acrescente o leite e leve ao fogo até aquecer. Se preferir uma sopa mais espessa, deixe um pouco mais. Tempere com sal e pimenta. Enquanto a sopa finaliza, frite levemente as castanhas e o azeite numa frigideira, só para dourar. Sirva a sopa em cumbucas e polvilhe as castanhas. As castanhas são opcionais e trazem crocância à sopa. Pode substituir por cubinhos de pão de forno (4 fatias) também fritos no azeite.

Essa sopa é um coringa porque a abóbora pode ser substituída por couve-flor, milho ou brócolis.


Destaque

Conhecido como um dos maiores concursos cervejeiro do mundo, o World Beer Awards divulgou recentemente a lista dos vencedores. A premiação anual que acontece em Londres, teve diversas marcas brasileiras entre as melhores do mundo. Uma das cervejarias que teve destaque no evento foi a catarinense Sunset Brew, que concorreu com quatro cervejas e conquistou quatro medalhas. Duas cervejas conquistaram medalha de ouro: a Aggro Bear, IPA com amplo amargor cítrico de frutas tropicais, na categoria American Style IPA e a Madame Tatá, Saison com características cítricas, condimentada e terrosa, na categoria Belgian Style Ale. Na categoria Flavoured Stout/Porter, a Sunset Brew faturou medalha de prata com sua Mystic Panther, uma Iimperial Porter com Café e medalha de bronze com a Imperial Black Rhino, que possui notas aromáticas adocicadas de cacau e coco.


Oktoberfest

Já foram definidas as cervejarias artesanais que estarão presentes na Oktoberfest Blumenau nas próximas duas edições (2019/2020). São elas: Cervejaria Bierland, Cervejaria Blumenau, Cervejaria Hersing, Das Bier Cervejaria e Wunder Bier. Localizados no Setor 1, os pontos das cervejarias Blumenau, Bierland e Hersing também poderão explorar comercialmente o espaço nas edições de 2020 e 2021 da Sommerfest. 


Na Panela

O Negroni 33, em Blumenau, terá todos os sábados um almoço exclusivo, com um menu surpresa preparado pela chef Nana Oliveira. A cada semana, um cardápio diferente, com receitas inspiradas na culinária caseira e com toque especial da cozinheira. A ação, chamada Na Panela da Nana, acontecerá para um número limitado de clientes e eles só saberão o prato do dia quando chegarem ao local.


Por que descascar cebola faz chorar?

As células da cebola são formadas, entre outros componentes, por sulforetos e enzimas, no entanto, esses dois componentes não se misturam. Quando cortamos a cebola, rompemos suas células, fazendo com que esses elementos se misturem, originando uma substância chamada de ácido sulfénico. O ácido, por ser volátil, se transforma em gás. Quando esse gás entra em contato com os nossos olhos, constantemente úmidos, o mesmo reage e se transforma numa solução fraca de ácido sulfúrico. Em virtude disso, nossos olhos se irritam e produzem mais lágrimas para diminuir os efeitos dessa substância.

Dica: Uma das formas de não chorar ao cortar a cebola é fazer isso em água corrente, para que o ácido sulfúrico seja formado antes de entrar em contato com os olhos. (Fonte: Thiago Dantas - Mundo Educação).



VEJA MAIS DA COLUNA

JORNAL METAS | GASPAR, BLUMENAU SC

(47) 3332 1620 |




JORNAL METAS - Rua São José, 253, Sala 302, Centro Empresarial Atitude - (47) 3332 1620

| | | |